Bem-vindo ao portfólio de Igor Gomes

clique para ver mais obras

Metropolis 9

Igor Gomes - 2015

Fotografia com impressão Fineart em papel Canson Rag Protographique, 310g. Edição limitada 1/10.

120,00 cm altura x 80,00 cm largura x 0,10 cm profundidade

R$ 5.830,00

0
COMPRAR ESTA OBRA

O valor que você vê é o que você paga: o frete já está incluso no preço da obra informado acima.

Você receberá esta obra devidamente embalada em uma caixa de papelão.

Garantia de 7 dias para devolução do seu dinheiro

Prazo de entrega: 14 a 20 dias úteis para qualquer estado brasileiro

A obra de arte sairá do ateliê do artista no Brasil diretamente para a sua casa

Código do produto: 14137

clique nas setas e veja mais obras


QUERO LER MAIS SOBRE O ARTISTA, MOTIVAÇÕES E TRAJETÓRIA PARA ESTABELECER REFERÊNCIAS

QUERO ACESSAR DIRETO MAIS OBRAS DESTE ARTISTA E FAZER A MINHA ESCOLHA :)

O ARTISTA

Igor Gomes


Escolho a fotografia por apreciar o poder que tem uma imagem estática de sintetizar uma dinâmica de situações e interpretações; a força e a simplicidade que há em um instante captado de contar uma ou várias histórias

Se parássemos para pensar qual é o ponto em comum nas obras do espanhol Salvador Dali, do belga René Magritte e do norte-americano Edward Hopper, cujos nomes o fotógrafo Igor Gomes cita como referências artísticas pessoais, seríamos quase obrigados a encontrar a solidão como resposta. Artistas de estilos e temáticas bastante distintas com uma obra marcada por suas representações da solidão na contemporaneidade viriam inevitavelmente a influenciar o olhar de Igor, fotógrafo autodidata que tem a metrópole como assunto principal.

Igor Gomes aborda o meio urbano e a inserção comportamental do ser humano nesse meio, em sua condição indefinida diante das criações urbanas: um passante solitário. As imagens possuem composições geométricas, arquitetônicas, linhas e curvas permeadas pelo ser humano em situações de lugares como se deslocadas para fora desse mundo.

“Vejo esse ser como se estivesse “en passant” pelo cenário, algo furtivo e fantasmagórico dentro de um universo surrealista”, explica Igor. A imagem se desestrutura tornando-se quase abstrata, surreal, um pouco fantasiosa, numa atmosfera sobrenatural. Igor confessa retratar o romantismo de um mundo inexistente fazendo uso de enquadramentos, cortes, sombreamento e descentralização, chegando às vezes ao estranhamento. E dessa forma suas imagens se afastam da mera reprodução do universo urbano, estabelecendo um universo futurista em que as linhas verticais e horizontais se articulam nas mais diversas composições. A estética que Igor propõe traz momentos de intensa reflexão sobre o urbano contemporâneo.

Igor aborda o meio urbano e a inserção comportamental do ser humano em sua condição indefinida diante das criações urbanas: um passante solitário. A imagem se desestrutura tornando-se quase abstrata, surreal, um pouco fantasiosa.

O fotógrafo conta que quando adolescente era fascinado pelo ambiente de luzes e sombras da olaria que seu pai tinha no interior do Paraná. Em meio à semiescuridão, fachos de luz surgiam das frestas e do teto cruzando a poeira e o pouco de fumaça que saía dos fornos de queima de telhas e tijolos. Foi então que, inspirado por este cenário e de posse de uma máquina fotográfica analógica, fez suas primeiras imagens através dos prismas dos buracos de tijolos, das filas geométricas de telhas, das luzes no chão batido de terra e dos corredores de prateleiras de madeira. “Era um cenário fantástico”, lembra Igor. E a partir daí a prática da fotografia aconteceria de maneira natural, simplesmente por puro prazer.

Foi no ano de 1999 que Igor Gomes teve a primeira oportunidade de mostrar suas imagens numa exposição oficial. Desde então o fotógrafo tem participado intensamente de salões de arte e exposições no Brasil, Estados Unidos, Portugal, Espanha e Uruguai. A mais recente delas, a exposição “Meu Brasil“ na Bastille 11° arr, aconteceu em Paris, França, em 2018. Possui dois livros de fotografias publicados: “Interior”, de 2011; e “Artektura e Divercidade”, de 2017.

Nascido em Curitiba, no Paraná, e geólogo de formação, Igor reconhece sua alma de artista intrinsicamente ligada à ciência, aos mistérios do universo que constrói e destrói, à formação do planeta e sua dinâmica e ao absurdo do tempo geológico. Enfim: questões que exigem a sua criatividade e imaginação. “Escolho a fotografia por apreciar o poder que tem uma imagem estática de sintetizar uma dinâmica de situações e interpretações; a força e a simplicidade que há em um instante captado de contar uma ou várias histórias”, relata o fotógrafo, que vê na sua arte uma extensão de si mesmo.

 



AINDA TEM DÚVIDAS? ESTAMOS AQUI PARA TE OUVIR!



autentik gift: adquira uma obra de arte de um de nossos artistas ou presenteie alguém especial!


obras de Igor Gomes



Selecionamos os melhores artistas brasileiros, ou alocados aqui, para você. Sua obra de arte chegará em perfeito estado no país onde você estiver.
Somos pioneiros em prover uma experiência cultural completa: além de curadoria de artes, oferecemos também uma curadoria exclusiva de conteúdo e educação com relação aos artistas que representamos.
Ao comprar conosco, você contribuirá para que o artista receba mais pela sua própria obra. Você também receberá um Certificado de Autenticidade assinado por ele.
Garantimos a troca ou devolução da sua compra. Todas as suas informações pessoais estarão protegidas e os pagamentos serão realizados via cartões de crédito ou PayPal, empresas financeiras reconhecidas por sua idoneidade. Parcelamos em até 6x sem juros!
leia mais

Você também pode se interessar em ler

Jean-Michel Basquiat (1960-1988): da paixão à compulsão pela pintura

LER MAIS

4 artistas que fizeram história no Sul do Brasil

LER MAIS

4 artistas britânicos que você precisa conhecer

LER MAIS

obras de

Igor Gomes